Diocese de Amparo
 
PADRE MILTON TOMA POSSE COMO PARÓCO EM JAGUARIÚNA
Imagem
No dia 02 de setembro, Dom Pedro Carlos Cipolini deu Posse de Pároco para o Pe. Milton Modesto, na Paróquia de Santa Maria, em Jaguariúna. Padre Milton era Pároco em Mogi Mirim, na Paróquia de Santa Cruz. Na Celebração, foram entregues ao Pároco os símbolos do seu ministério: chave da Igreja e do sacrário, a estola roxa e uma jarra com água. As pastorais da Paróquia entraram com alguns símbolos, em sinal de acolhida do Pároco. Estavam presentes na ocasião o Padre Edgar de Barros Briozo, Padre Francisco Ronaldo Silvestre, Padre Wellington Gustavo de Souza, Padre Tadeu Francisco Bonetti e Padre Charles Franco Peron.
Por fim, ao término da Missa, foi lida a ata de nomeação e, em especial, foi feita uma mensagem de acolhida pelos membros da Paróquia, os quais recepcionaram o novo Pároco com uma mensagem muito expressiva. Segue abaixo a mensagem:

EXMO REVMO. DOM PEDRO CARLOS CIPOLINI, NOSSO BISPO DIOCESANO.

Revmos. Padres presentes,

Autoridades,

Caros irmãos e irmãs em Cristo

Exmo. e Revmo. Dom Pedro Carlos Cipolini, nosso estimado Bispo Diocesano, é com grande alegria que nossa comunidade paroquial mais uma vez acolhe Vossa Reverendíssima, nosso Pastor e guia.
Nós o saudamos com muito respeito e admiração, porque somos seus filhos, assim como todos os membros da Igreja Católica de Jaguariúna, com uma peculiaridade que é única: esta Santa Igreja diocesana de Amparo está em suas mãos e deseja continuar sentindo sua paternidade, a fim de que nossa fé não venha a desfalecer e a nossa vida cristã a definhar.
Hoje vivemos um tempo de incertezas, de relativismo e indiferença, mas são muitos os que optam por seguir a Cristo com determinação, abrindo no mundo em que vivemos, caminhos e janelas de Esperança, para uma Igreja que precisa de Ser cada vez mais um sinal e uma certeza de Vida e Libertação.
Assim, precisamos de alguém que nos traga uma mensagem de esperança. Esperança para as famílias que vivem em dificuldade; esperança para os jovens desnorteados e sem ideais; esperança para as pessoas desmotivadas pela falta de fé; esperança para uma Igreja que precisa dialogar com um novo tempo com uma nova era. Para isso é necessário escutarmos a voz do Espírito, que fala à Igreja, que fala à nossa Diocese.
Nesta celebração temos a oportunidade de dizer a Vossa Reverendíssima, que vos queremos pedir, que continue a ser esse Pastor Bom, generoso, humilde e paternal, como tem sido, para podermos continuar a ver em si a Imagem do Único e Divino Pastor, desejando que a bênção de Deus sempre o acompanhe, no seu governo pastoral da Diocese de Amparo.
Dom Pedro Carlos, confessamos que estamos entristecidos com a perda repentina de nosso querido e inesquecível pároco Padre Gilberto e sentíamos o vazio e a incerteza acerca de quando viria um novo pastor para a nossa Paróquia.
Entretanto, nesse período de espera na escolha do novo pároco fomos agraciados com a presença dos Reverendíssimos Padres Charles Franco Peron; Padre Francisco Ronaldo Silvestre e o Padre Edgar de Barros Briozo, que por certo foram sabiamente escolhidos por Vossa Reverendíssima.
Assim, peço permissão ao nosso estimado Bispo Diocesano para apresentar os agradecimentos do povo Católico de Jaguariúna aos Reverendíssimos Padres Charles, Padre Francisco e Padre Edgar pelo excelente trabalho apresentado com muita dedicação, sem medir sacrifícios; eles foram generosos, paternais e demonstraram acima de tudo, que são os verdadeiros amigos, que vieram ao nosso encontro quando mais precisávamos, trazendo-nos o consolo, a paz e a esperança para fortalecer nossa fé.
Mas, como Deus é o juiz de todas as coisas, visíveis e invisíveis, quis Ele, que seu povo aqui em Jaguariúna não ficasse sem o seu orientador espiritual por muito tempo. Daí, por um ato do nosso Reverendíssimo Bispo Diocesano, numa sábia escolha, surge o nome do Reverendíssimo Padre Milton Modesto, para ser o nosso novo Pároco.
Peço, com muito respeito, novamente, licença ao nosso querido Bispo Diocesano para dirigir algumas palavras ao nosso novo Pároco, Padre Milton, em razão de sua posse em nossa Paróquia de Santa Maria.

Caro Padre Milton,

Não poderíamos deixar de manifestar os nossos sinceros votos de boas vindas a nossa comunidade paroquial, a qual tem a alegria e esperança em acolhê-lo.
Temos a certeza Reverendíssimo Padre Milton, que sem medos ou receios e atendendo mais uma vez a voz de Deus, que outrora o chamou para o Ministério Sacerdotal, quando respondeu sem hesitar: Eis-me aqui, envia-me! Como o Profeta Isaías, em seu capítulo 6, versículo 8, disse: [Então ouvi a voz do Senhor que dizia: “Quem enviarei eu? E quem irá por nós?” -- “ Eis-me aqui, disse eu, enviai-me!”].
Agradecemos muito nosso Bispo Diocesano Dom Pedro Carlos pela feliz escolha do Padre Milton, para dar continuidade na divulgação da Palavra de Deus em nossa cidade e nós estamos cientes que, por causa da comunhão íntima do nosso povo com seu Bispo, somos, também, participantes de sua grande missão, o da construção da Santa Igreja no meio do mundo.
Padre Milton Modesto, a partir de hoje entre nós, o senhor será membro de cada família, compartilhará conosco todos os sofrimentos e alegrias; penetrará todos os nossos segredos e derramará bálsamo em todas as nossas feridas.
Apresentar-se-á a Deus em nosso nome, oferecendo-Lhe nossas preces e voltará a nós para comunicar-nos o perdão de Deus e a esperança.
Que o senhor possa nos ensinar, perdoar, consolar e abençoar.
Como Deus o amou e, assim, o chamou para compartilhar com Ele todo o mistério da salvação, que o senhor seja sinal de Deus inserido, sacramentalmente, nessa missão apostólica e missionária, sendo alguém que nos ajude a interrogar-nos sobre o sentido da nossa vida e da nossa história;
Ajude-nos a descobrir um modo feliz de viver o drama da condição humana e a celebrarmos a presença da Santidade de Deus no nosso dia a dia.
Ao receber a convocação do nosso Bispo e em virtude da obediência abraçada, o senhor ofereceu o seu consentimento ao chamado.
Sabemos que as mudanças de párocos sempre geram sentimentos ambivalentes tanto nos padres quanto nos membros das paróquias envolvidas. Tanto o padre que chega como o que sai, ambientado em uma comunidade e conhecendo a realidade dessa em suas virtudes e limitações, está próximo de seus paroquianos, das pastorais, movimentos e obras sociais, ai sentindo-se geralmente confortável, acolhido e seguro no exercício do ministério sacerdotal, ainda que se depare diariamente com diversos tipos de dificuldades a superar.
Mas ao mesmo tempo, instigado em sua vocação missionária, o senhor, como sacerdote aceitou assumir os desafios desta nova comunidade que abraça e, meio que tateando nos primeiros tempos, sabemos que a vai conquistar e sendo por ela conquistado.
Se nas mudanças os padres têm aflições, também nós os membros das comunidades carregamos as nossas, mas tenha a certeza de que nosso coração está aberto, como o coração de Jesus para recebê-lo como nosso novo pároco.
Saiba que criamos expectativas novas e, em contido entusiasmo, ficamos ansiosos aguardando a sua chegada. A chegada deste nosso novo pastor.
Temos uma certeza: Em tudo o que acontece com a Igreja nas suas várias instâncias, a mão de Deus prevalece como o fio condutor. Nessa perspectiva de fé queremos oferecer o nosso apoio e ajuda!
Queremos estar com o senhor nosso novo pastor e do senhor ouvir a voz a nos orientar para caminharmos juntos e em plena sintonia.
Oferecemos ao senhor o nosso carinho, amizade e disponibilidade no dia-a-dia da vida comunitária. Queremos somar e multiplicar, como convém ao povo de Deus.
Desejamos que o senhor viva com entusiasmo os ensinamentos de Cristo, propagando o amor fraterno e promovendo a partilha na comunidade.
Que o senhor seja mensageiro da Boa Nova, alimentando a nossa fé na presença viva de Jesus na Eucaristia;
Que o senhor deixe-se seduzir todos os dias e momentos da vida pelo amor infinito de Cristo, fazendo também com que esse amor seduza o coração dos filhos de Deus e nossos irmãos;
Que o senhor transforme em flores os espinhos que poderão ser encontrados nessa caminhada e as pedras em degraus para subir até Deus; as dores e o cansaço em alegria, fé e otimismo;
E que o senhor possa exercer a sua missão no meio de nós com muito amor, oração, fidelidade, prontidão e que através das suas mãos ungidas, possa derramar as suas bênçãos em nosso meio.
Finalmente, podemos proclamar:
Seja bem vindo entre nós e conte conosco, Padre Milton!

Autoria:
José Milton Ribeiro do Prado
Av. Lauro de Carvalho, 927 – Centro – Jaguariúna-SP

Confira aqui as fotos da Posse

 
Comentários (1):
Parabéns por sua linda e profunda mensagem...
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

ÚLTIMOS REGISTROS

LITURGIA DIÁRIA

MÍDIAS SOCIAIS

FacebookPicasaTwitterYoutube

DESTAQUES

Patrocinadores: